quarta-feira, 2 de maio de 2012

Deixe que possa sonhar

Ti senta em meu colo
Que em sonhos ti acalento
Ti senta em meu colo
Que é teu meu pensamento

Sempre em sonhos estou contigo
Até minha alma ti grita
E por tanto não ti encontrar
Coitada, que vida aflita

Ti senta em meu colo
Embora meu corpo não ti sinta
Ti senta em meu colo
Para que eu mesmo me minta

Talvez nem mais me queiras
Mas por tanto ti amar
Ainda que... em uma ilusão
Eu preciso acreditar

Ti senta em meu colo
Que acalenta minha alma
Ti senta em meu colo
Ela quer a tua calma

Tantas vezes eu me digo
Que é preciso chorar
Amar nem sempre é estar
Então me deixa sonhar

Ti senta em meu colo
Que é gostoso sonhar
Ti senta em meu colo
E me deixa ti abraçar

Tanto é meu sentimento
Que não preciso do teu corpo
Minha falta de ti é tanto
Que ti amo em meu pranto


José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...