sexta-feira, 26 de abril de 2019

Uma festa triste

Lustres,. candelabros, luzes e... flores fingindo
Enfeitar, dentro de brilhantes jarros dourados,
Mas frias e, elas, as flores, com sorrisos tristes
Ficavam paradas, inertes porque a brisa
Voava solta lá fora mas aqui... dentro de mim...
Vinhos, sorrisos, guardanapos de linho, bordados,
Taças de reluzente cristal cheias de vinho...
Mas a minha ... cheia de solidão,  que transbordava,
Escorria, entre os dedos trêmulos e... as saudades,
As tantas saudades brincando de fazer lágrimas
E o olhar perdido no tempo não via nenhuma beleza.
Cada lágrima, chegando de repente de dentro da alma,
Parecia gritar nomes que ela (a alma) tremia ao ouvir.
Cada nome uma saudade, cada saudade uma dor,
Cada dor uma lágrima até que o pranto se fez,
Me tomou em soluços (entre os risos da festa)
Em silêncios. Há quem diga que silêncio
Não tem plural...nem saudade, mas... nunca
Sentiram solidão, não como essa que sinto,
Essa minha, só minha, é cheia de silêncios
Que me trazem as saudades, algumas em prantos
Outras em risos. Ah! Essas tantas saudades!!!

José João
25/04/2.019

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Quando a saudade é maior

Não sei porque, as vezes, o tempo me ilude,
Traz coisas de tão longe dizendo que é de ontem,
Me faz pensar que ainda moram dentro de mim,
Que são verdades e me ponho a sentir tanto...
Que até mesmo os detalhes se fazem história,
Revivo os momentos, os sonhos que sonhei...
Até o gosto de beijos que nem sabia mais.
Depois me vem, como se fossem golpes na alma,
O vazio, vejo o que vivi, senti e a dor da perda,
Os adeus que, disse ou ouvi... se fazem gritos,
E um pranto convulsivo me toma. Estou sozinho,
A dor é forte. Mas nem sempre é estar só que dói mais
Por vezes, dói mais saber quem nos deixou só.
O silêncio chega, a saudade grita alucinada, aí ...
Enfeita-se a solidão com o brilho das lágrimas,
Murmúrios chamando nomes que machucam,
Assim, tudo então, a alma permite, até ...
Até a loucura de no silêncio e na mudez do tempo
Se ouvir: te amo... como se fosse... um sonho

José João
22/04/2.019

sábado, 13 de abril de 2019

Viver, é muito mais.

Perdas, sentimentos, momentos, lágrimas,
Saudades, tudo isso é vida, até a solidão.
Há quem fique dentro da gente como vida,
Há quem se perca no tempo, no esquecimento,
Há, quem se faça em nós, eternidade vivida.
Viver é isso, é sentir todos os sentimentos,
Chorar se for preciso, saber sorrir chorando,
Saber fingir que não é dor aquela angustia
Que sufoca até a alma e sorrir um sorriso
De alegria falsa, deixar os olhos em pranto
Fingindo que são lágrimas alegres e cativas
De uma saudade gostosa de sentir... vida!!
Aprendi que dor nunca é para sempre, embora,
Algumas vezes, seja tão doída, que chorar
É pouco e gritar em silêncio é a alma que grita,
Que cai de joelhos sem orações para rezar.
Aprendi que amar nem sempre é ter...
Mas ainda assim vale a pena, afinal, amar,
Também aprendi, é caminhar com você mesmo
Levando, as vezes, alguém dentro de você que...
Nem sabe que você existe... aí você chora sorrindo
Isso... também é viver.

José João
13/04/2.019

terça-feira, 9 de abril de 2019

Momentos e lembranças

Não, não me culpo por agora estar chorando
Nem lamentar essa dor que hoje estou sentindo
Apenas fui em busca, procurando uma história
Que se fizesse de sempre, fazer o eterno ser agora

A cada instante, o amar, se intenso, é sempre eterno
Um amar tão forte que por tanto a vida implora
Tão belo e sereno que faz de infinito cada momento
Tanto que se preciso me disponho chorar a cada hora

Se em mim, um dia, a saudade por prazer vier morar
Se com ela vier o pranto aos meus olhos cativar
Chorarei tantas e quantas lágrimas em minha face
Por solidárias ou por carinho se fizerem tatuar

Me entregarei ao pranto que, talvez por piedade,
Ponha um novo brilho mudando a cor do meu olhar
E a quem vê-lo se confunda sem nunca poder saber
Se  um brilho de sonhos ou um brilho por chorar

Mas passado o tempo quando a angustia se aplacar
Aí então saberei o quanto me fez bem esse amar
Nas noites em que sozinho o sono não quiser chegar
Terei recordações de momentos ainda vivos pra lembrar

José João
09/04/2.019

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...