sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Essa minha doce saudade!


Ah! Essa minha saudade, doce e meiga saudade!
Nas horas vagas, quando não está consolando
Minha alma pelas perdas que ela mesma guarda,
Se faz artista. Pinta minhas lágrimas, minha tristeza,
A esta ela faz colorida, cheia de cores que só ela
Sabe conseguir, mas só mostra pra mim, é segredo.
Faz estradas para os sonhos mais impossíveis,
Mistura sonhos antigos com os que nem sonhei ainda
E antes de começar já  muda o fim da história,
É aí que entram as lágrimas coloridas, alegres,
Cheias de coisas novas pra contar, livres,
Voando soltas numa história que a saudade inventa
Para enganar a alma, que jura ser verdade, coitada.
É assim mesmo essa minha saudade, cheia de ilusões,
Mas as vezes eu a surpreendo chorando escondida,
E quando ela se vê pega nas lágrimas, sorri,
Um sorriso amarelo, e pergunta: Eu? Chorando?
Como posso eu estar chorando se os olhos são teus?
É pra rir, não digo nada, que fazer? Preciso dela,
Afinal ela não me deixa vazio, me conta das histórias
Dos amores que vivi, que perdi, e no final ela
Sempre diz: Feliz é você que amou tanto e tem
Tanto pra contar e ainda me tem como companhia.
Me olha de soslaio, dá um sorriso maroto ...
As vez eu a acho vaidosa se achando dona de mim. 

José João
06/12/2.013



Um comentário:

  1. JOSÉ JOÃO !!! OLHA AMIGO ME PERDOE !!! MAIS ESSA AI EU VOU TE PEDIR PARA DEIXAR TENTAR ADAPTAR PARA MUSICA-LA !!! A QUE ME DESTES JÁ ESTA PRONTA NA SEGUNDA OU TERÇA TE MANDO !!! MAS ESSA AI FALA SÉRIO !!! MUITO LINDA ESSA SAUDADE !!! MUITO DOCE !!!VAMOS LÁ PARCEIRO MANDA LÁ PRO E-MAIL !!! E VAMOS VER O QUE CONSIGO FAZER POIS SUA PARTE É PERFEITA !!! VOU TENTAR UM ABRAÇO Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...