quinta-feira, 19 de julho de 2012

Vem chorar comigo


Pedaços de mim vão ao mundo nas poesias que faço
Como fossem de minha alma  prantos que ela chora
Buscando em outros corações sofridos a mesma dor
Essa dor de sempre, que se faz  nessa dor de agora

Meus versos voam, entram em corações que tristes
Choram a mesma dor que choro com lágrimas diferentes
Mas a angustia da alma é a mesma, ditada pela saudade
Que fica quase mórbida deixando até a alma carente

Meus versos querem dizer que até chorar vale a pena
Se um amor forte nos habitou um dia e sempre ficou
Dentro de nós, como tatuagem, que à alma marcou

Minhas poesias querem ser sentidas dentro da alma
Bem lá no fundo, onde só a saudade pode chegar
Se alguém sentir uma dor assim...vem comigo chorar...


José João
19/07/2.012





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...