terça-feira, 17 de julho de 2012

Chorar por apenas saudade


Buscar teu olhar no sol poente de um horizonte
Desenhado com a beleza da ternura de teu olhar.
Buscar na brisa leve a doce meiguice de tua voz
E deitar sobre o tempo buscando outro sonhar

Deixar vir no pensamento os mais ternos momentos
Que foram vividos, sentidos, como pedaços de vida
Que se eternizaram na alma fazendo nela morada
E deixar o infinito de tua presença como uma estrada

A alongar-se até onde a existência possa ir e chegar .
Até onde uma saudade incontida se faça de universo,
E acomode na canção de um pranto, um terno chorar

Não um chorar por dores sentidas dentro da alma,
Não um chorar pela solidão que faz a alma gritar,
Mas um chorar pela saudade gostosa de  lembar


José João
17/07/2.012


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...