segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Viver? É brincar de ...viver

As vezes a vida se faz um alegre caminho, sempre primavera,
Brinca nos ouvidos do tempo cantando canções desconhecidas,
Cheias de divina mansidão, declama poesias completas
Cheias de versos felizes, em rimas soltas voando alegres.
As vezes a vida se faz um conto de fadas, cheios de sonhos
Que se fazem verdades como se fossem uma doce magia,
Outras vezes a vida se faz um oceano de águas mansas
Com estradas para o sol, correnteza leve, indo serena,
Sem qualquer direção, pois qualquer porto lhe enche a alma.
As vezes a vida se faz assim, terna, brilhante e calma.
Mas para alguns se faz desafios, a mansidão dos oceanos
Se faz  tempestade, mar revolto, furioso a fazer buscar 
Os limites, e as fadas...se vão com suas varinhas de condão,
Acaba a magia e tudo fica como pedra talhada no tempo.
Pontiaguda, calcinada, cheias de frestas infestadas de solidão.
O brincar nos ouvidos do tempo já não é brincar,
A canção desconhecida se faz soluços, tétricos de lamentos
Cheios de lágrimas que turvam as estradas para o sol.
A vida é assim. Uma magia, onde os tristes também 
Brincam de viver, com lágrimas, mas brincam de viver,


José João
14/10/2.013
 

Um comentário:

  1. Muito magia em tuas palavras!
    A vida é realmente assim... Ora vivemos, ora brincamos de viver... Mas ainda assim temos a esperança de que dias melhores virão.
    Beijos,
    http://aspoderosas1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...