terça-feira, 18 de junho de 2013

Você ...meu mais doce e doloroso segredo


Te amo. Te amo, como talvez nunca amei ninguém.
Te guardo dentro do meu mais doloroso silêncio.
És o meu maior bem, meu mais belo sonho impossível,
Meu segredo, que minha alma guarda enfeitado de prantos.
Te fiz o pedaço mais completo de mim, vivo teus momentos
Como se todos eles fossem meus, melhor parte de minha vida.
Choro em silêncio tua falta, e dói mais que todas as que senti.
Das outras, um dia senti o gosto, mas nunca senti o gosto de ti,
Por isso a saudade do que nunca tive, e não posso ter, dói mais,
Muito mais que qualquer dor que tenha me feito chorar.
Te faço dona de todos os meus pensamentos,
Te faço dos meus mais ternos, doces e divinos sonhos,
Te busco na imensidão dessa minha loucura de amar-te,
De me entregar todo e pleno e nos teus sonhos me fazer teu,
Choro a amargura de estar tão perto, e te sentir tão longe,
Choro a amargura de te falar e não poder dizer: Te amo,
Tremer ao olhar teus olhos, neles me ver refletido,
E não estar dentro de ti como tua história ou teu desejo,
Não estar dentro de ti nem mesmo como um sonho.
Não sei o gosto do teu perfume, o sabor de teus beijos,
Não sei a ternura dos teus olhos quando gritam tua vontade,
Não sei o frescor de tua pele nem o calor de teu corpo,
Sei que te amo, mesmo sem saber  nenhuma verdade tua
Ainda assim te entrego minha alma passiva, carente e nua.


José João
17/06/2.013



Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...