segunda-feira, 24 de junho de 2013

Com a saudade refaço minha história


De tanto amar  eu só vivi saudades. E se não amasse?
Ainda assim sentiria saudade do amor que não amei
E bem pior, seria uma saudade triste, sem lembranças,
Estaria vazio de mim. Prefiro chorar a saudade do que fui,
Dos amores que amei, das dores que os tantos adeus deixaram,
Dos sonhos que sonhei e nem se fizeram verdades.
Dos olhares que gritavam: TE AMO, TE AMO...
E nem eram ouvidos, mas não importava, estava amando.
Me vesti com a saudade, ou ela se vestiu de mim, não sei,
Mas assim, vivo todos os momentos, refaço minha história,
Reescrevo meus sentimentos antigos com palavras novas,
Dou outras cores ao adeus, outro sabor aos beijos
Encontro outras razões para as lágrimas, para as despedidas,
Encontro até desculpas para os tantos erros, me explico.
Hoje sei, não saberia viver sem a saudade que sinto,
As vezes ela dói, outras vezes me consola, 
As vezes brinca de chorar comigo ao buscar os momentos
Que se fizeram tão completos que não posso reescreve-los,
Aí ela entra até minha alma para que assim doa mais
Para que fique sempre, que se faça impossível esquece-los.


José João
24/06/2.013








.

2 comentários:

  1. [às vezes só as lembranças nos dão coragem
    pra acordar...mas noutros a esperança predomina]

    dias e dias...


    beijo

    ResponderExcluir
  2. As lembranças, mesmo que doam, nos mostram que estamos vivos e capazes de nos fazer e refazer, quando necessário!

    Viva as nossas lembranças!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...