quarta-feira, 10 de abril de 2013

Com a alma choro, com os olhos minto

...E eis-me aqui, não para chorar a minha dor
Ou mostrar nos olhos as lágrimas que choro
Mas pra dizer que tudo na vida tem um sabor
Até mesmo a dor que dentro de mim, afogo

- São tão poucas as lágrimas que derramas!
Quem me vê chorar não sabe... e diz assim.
São lágrimas perdidas caídas nos meus olhos
Mas o pranto verdadeiro cai dentro de mim

Lágrimas nos olhos não mostram o que sinto
Minha alma se desfaz em prantos, ninguém vê
Choro com a alma, com os olhos apenas minto

Pra que chorar nos olhos essa dor ensandecida?
Que apenas a alma chore no silêncio de nós dois
Pra que mostrar uma dor pra eles tão descabida?


José João
09/04/2.013








Um comentário:

  1. Às vezes é necessário mentir com os olhos, demonstrar o que na verdade não sentimos e deixar o pranto cair dentro de nós.
    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...