segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

O passarinho apaixonado


Canta alegre um passarinho no roseiral
Inquieto, a inquietar-se com a demora
De quem, talvez, a esmerar-se no ninho
Seja aquela a quem ele, feliz... namora

A ansiedade se faz no canto, no chamado
E um nome grita no seu mais belo trinado
Gorjeio doce, terno a fazer-se um canto
De confissão de um eterno apaixonado

Continua o passarinho em belos gorjeios
Trinados breves ou longos como poesias
Em versos alegres lindas notas e melodias

Chamando a amada que no ninho se enfeita
De repente ela surge, graciosa, doce e bela
E o passarinho... canta mais bonito só pra ela.


José João
04/02/2013



4 comentários:

  1. Poeta,

    Ora pois, só um passarinho apaixonado transformaria o seu canto em versos encantados.
    Lindo gorjear!
    Alice.

    ResponderExcluir
  2. Parabens pela musicalidade que impulsiona suas poesias com palavras bem garimpadas.O lindo canto do passarinho, a criação da figura de seres apaixonados, fica sempre muito bonito João.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...