quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O mar


O mar leva meus sonhos para lugares distantes,
Onde talvez nunca vivi.
Me leva por estradas que não deixam rastros
Mas deixam saudades marcadas na alma
Que chora um adeus distante que foi dito
Com as lágrimas gritando um adeus
Desenhado num rosto sofrido que um dia
Soube, alegre, sorrir.
Lá no fim do mar, desse mar que leva os sonhos,
Tem um horizonte virgem. Tem um horizonte
De desejos que nunca foram alcançados...
Mas serão sempre sonhados
Por quem quer ser feliz.
O mar faz os sonhos perderem a rota,
Faz o pensamento perder o rumo,
Faz a alma se perder em prantos por não saber
Em que porto pode aportar...
Sem que nele esteja uma saudade para chorar,
Um beijo para lembrar, mas que tenha...
Uma vida para viver.


José João
04/10/2.012



Um comentário:

  1. totalmente demais ...simplesmente lindo meu querido ...lindo e sábio...o mar me encanta sempre ..nele deixo no amanhecer as minhas mágoas e imprecisões...com um abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...