segunda-feira, 22 de outubro de 2012

E quando eu quiser chorar?


As vezes me vêm versos de dores  que não senti
Vêm prantos e saudades de amores que não vivi
Talvez seja da alma essas lágrimas choradas
De momentos perdidos de histórias inacabadas

Me ponho em sonhos que não vão acontecer
Deles faço que sejam vontade de querer viver
Até me entrego cegamente, tento me convencer
Que um dia, doce verdade, eles possam vir a ser

Talvez minha alma sinta saudade do que não sei
E com meus olhos ela se entregue toda ao pranto
Fazendo deles assim, janela para tanto encanto

Enquanto não sei por que minha alma chora tanto
E até quando ela vai aos meus olhos ocupar
Me preocupa. E um dia quando eu quiser chorar?


José João
21/10/2.012

Um comentário:

  1. Meu Amigo querido José João...Você sempre toca meu coração com suas lindas palavras ...e de tal forma que me vejo reflexo e tonto com tanta beleza e doçura do teu discorrer ...João te enviei um e-mail com um link da poesia que me destes para musicar ...como não sei converter para te postar em e-mail...postei provisoriamente no youtube ...para sua aprovação e posterior postagem minha ...no meu blogger com parceria que muito me honra ...Espero que goste ...e se gostar ponha no seu blogger...Será um belo presente estar por lá viu...com um grande e afetuoso abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...