segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Das lágrimas? Onde me esconder?!


Sempre brinco de esconde-esconde com minhas lágrimas
E elas...sempre me encontram, aí saem brilhantes, sorridentes,
Dos meus olhos, como se gritassem: Encontrei, encontrei...
Sempre me perguntei porque elas me encontram tão fácil?
Até parece que adivinham onde me escondo. Vão certas,
Sem medo de errar, algumas vezes sinto-as chegando...
Me encolho todo tentando me esconder... que nada,
Elas me encontram, outras vezes elas  vêm efusivas,
Correndo, não dá nem tempo de tentar fechar os olhos.
Já me escondi delas em tantos lugares, em muitos...
Até nos mais improváveis, ou que pensava que fosse...
Depois de muito brincar e elas me encontrarem sempre,
Como é de costume, resolvi procurar saber o porquê
Dessa tanta facilidade. Aí pensei, serão os lugares?
Os lugares onde me escondo será que são tão óbvios?
Mas ... será? Talvez. Vou procurar outros lugares,
Talvez em lugares novos onde nada mais aconteça...
Quem sabe? É isso, vou procurar outros lugares.
Elas me encontram se me  escondo atrás da saudade,
Se me escondo dentro da solidão, até dentro do vazio,
Daquele vazio que fica depois de um adeus...
Elas me encontraram, até dentro de sonhos perdidos
Que lembrei não sei porque... me encontraram...
E eu que pensei que elas só me encontrariam de noite
Quando estivesse sozinho numa cama tão fria!!!

José João
01/10/2012




Um comentário:

  1. É meu caro Amigo tuas letras sempre me encontram e tocam meu coração...Lindo muito lindo...Obrigado por me dar a honras do teu convite já aceito de corpo alma e espirito...pois se como teu Fã já te gosto tanto imagine a alegria de me tornar seu parceiro ...musical...rsrsrs ...Com um grande e afetuoso abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...