segunda-feira, 30 de abril de 2012

Talvez um dia


Talvez um dia ainda ti encontre
E outro horizonte seja para nós dois
A busca em que um dia nos perdemos
Pois antes de encontra-lo a nós era depois

Quem sabe nas estrelas eu encontre
A luz que ficou do teu olhar
Então no refletir de luz tão inocente
Ainda possa mesmo longe ti encontrar?

E se após tanta procura me perder
No vazio da solidão que me persegue
Serei atento em jamais ti esquecer

E por mais que a lembrança se dissipe
E por mais insistente que seja o esquecer
Estarás sempre presente, afinal quero viver.

José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...