domingo, 11 de março de 2012

Eu ou Você?





Eu? Eu sou o que nunca quis ser
Ou o que não sei que sou
Talvez eu seja a nata do resto
Talvez eu seja um príncipe
Talvez eu seja o resto do resto
Ou quem sabe eu seja um rei?
Se sou o dono do lixo, não sei
Se fui uma estrela cadente, morri
Se fui uma história alegre, sorri
Se fui um amante do tempo, vivi.
Talvez eu seja uma saudade perdida
Uma saudade que ninguém percebeu
Ou quem sabe eu seja o brilho do sol
Ou uma mosca brincando de pirilampo
Talvez eu seja um verso sem nome
Uma estrofe sem rima
Ou a poesia que ninguém ensina
Talvez eu seja você
Que chora escondido pra ninguém lhe ver
Que se faz de zangado pra poder se esconder
Que tem medo de amar porque diz que é sofrer
Que admira quem ama e diz que é viver.


José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...