segunda-feira, 17 de novembro de 2014

O depois foi só até ontem

Por vezes parece que pra mim o tempo parou, 
Distâncias se fazem pequenos caminhos, onde o pensamento
Percorre, quando te busca na estrada que não existe mais.
Os sonhos brincam em minhas lembranças como se tudo
Tivesse sido ontem. Não há sonhos sem que neles
Não estejas. Tudo parece tão perto, tão cheio de ti,
Que chego a brincar de sentir uma saudade
Que ainda não chegou, que talvez, quando o vazio
De tua ausência tomar a forma de solidão,
Ela grite em minha alma com todas as forças da dor
Que sempre ela traz consigo. Mas não importa...
Eu preciso te sentir, mesmo nessa minha loucura
Que me faz não viver se, pelo menos, não ouvir
Do tempo, que ainda existes dentro de minha alma.
Nunca meus pensamentos foram além de ti
E nem meu coração pulsou chamando outro nome.
Parece tão perto, tão recente, tão ontem, tão hoje,
Tão sempre, que os momentos, todos eles, 
Se fizeram eternos, e até o depois foi só até ontem.


José João
17/11/2.014








 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...