segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Sonhar já me basta

Não sei se é este amor que me toma todo,
Que se faz maior que todos os sentimentos
Que já vivi, ou se é este segredo maior que eu,
Onde tento esconder tudo que sinto, calar o que o coração
Gostaria de gritar. Meu segredo, guardado no silêncio
Que minha alma angustiada esconde. Não sei qual deles
Se faz maior, e nem qual o mais bonito.
Ela, eu , o amor e um segredo, que nem ela sabe,
E assim tudo passa despercebido, para o meu desespero.
E tudo dentro de mim, fica guardado como se fosse
Uma relíquia que a vida me permite sentir e calar.
Também não sei se não é um castigo, desses que o destino,
Talvez pelos meus pecados, me faz que o sinta,
Amar como se nada mais fosse preciso, senti-la, vê-la,
Sentir seu doce perfume enebriante, lhe tocar as mãos,
Lhe acariciar com os olhos, e não poder falar tudo,
Todo esse sentimento enraizado dentro da alma,
Que chora carente dela, pela falta dela, ela estando
Tão perto. Talvez seja castigo, mas o destino,
Verdugo dessa minha punição, nunca saberá
Que amando-a, mesmo de longe e sem que ela saiba,
 Me basta para nos meus sonhos  ser feliz.


José João
13/01/2.014









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...