quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O espinho que se perdeu da flor.

Caíram as pétalas das flores, as folhas murcharam,
Os passarinhos se mudaram de jardim, foram embora,
O vento parou de voltear entre os galhos secos,
Quebradiços, até os espinhos caíram, foram os últimos,
Coitados, caíram como derradeiras lágrimas das roseiras,
Ficaram tão frágeis que nem pareciam mais espinhos.
As pétalas foram levadas pelo vento, as folhas secaram,
Rolaram pelo chão, mas também iam levadas pelo vento,
Os espinhos não, ficaram enterrados com as raízes 
Apodrecidas como se dissessem que até na morte
Seriam fiéis às frágeis rosas a quem tanto protegeram.
Assim eu fiquei, como os espinhos, frágeis lágrimas
Moribundas, tristes, que choram o adeus das flores
A quem se entregaram tanto, a quem admiravam tanto,
A quem amavam tanto - ninguém ama tanto como 
Os espinhos às flores - Apenas eu, que agora fico
Aqui onde me deixaste. Não fui a lugar nenhum...
Na esperança que se um dia voltes e te faças flor
Outra vez... e que o espinho se faça vivo a proteger-te
Com a própria vida ... se for preciso.
Porque as flores têm que fenecer?


José João
30/01/2.014

Um comentário:

  1. JOSÉ JOÃO QUERIDO AMIGO !!! QUE BELEZURA !!! RSRS !!! TOCANTE DEMAIS !!! COLOQUEI OS RSRS !!! MAS NA VERDADE AS LAGRIMAS TOMARAM CONTA DE MIM " NO LUGAR QUE ME DEIXASTES NÃO FUI A LUGAR NENHUM " GRANDE VERDADE DE UMA GRANDE AMOR !!! SEGUE HOJE PRA TI AS CONCÕES JÁ AGORA ESTOU MANDANDO PRO youtube !!! PORQUE ONTEM A NOITE RECEBI UMA LINDA E INESPERADA VISITA CÁ NA POUSADA !!! E FUI FICANDO FICANDO !!! FICANDO ATÉ O AMANHECER !!! TINHA QUE TIRAR DE MIM ESTE RANÇO DE AMARGURA !!! DE ESPERA E ANSIEDADE !!! E COMO LINDA ERA !!! LINDA AO AMANHECER SE FOI SEM DEIXAR VESTÍGIOS !!! RSRS !!! UM GRANDE ABRAÇO Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...