domingo, 18 de novembro de 2012

Sonhos e momentos


Não. Não me culpo por agora estar chorando
Nem vou lamentar essa dor que estou sentindo
Apenas fui em busca, a procura de uma história
Que se fizesse de sempre, mas o eterno foi agora

É sempre eterno cada instante de um amor intenso
É um amar tão forte que por tanto a vida implora
E foi tão belo! Foi quase infinito cada momento
Que até me disponho, por ele, chorar a cada hora

Se dentro de mim a saudade, por prazer, vier morar
E se com ela vier o pranto aos meus olhos cativar
Chorarei tantas e quantas lágrimas em minha face,
Por solidárias, ou por carinhos se fizerem tatuar

Me entregarei ao pranto, que talvez por piedade
Ponha um novo brilho, brilho que mude meu olhar
E a quem vê-lo, surpreso se confunda sem saber
Se é um brilho de sonhos ou um brilho por chorar

Mas passado o tempo quando a angustia se aplacar
Aí então saberei o quanto pra mim foi bom amar
Nas noites que sozinho o sono em mim não chegar
Terei doces momentos e belos sonhos pra lembrar


José João
18/11/2.012



Um comentário:

  1. Lindo!!! É o amor... cada história com suas alegrias e dores, e as recordações para lá na frente sorrir ou chorar. Bjão querido

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...