sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Palavras são como o vento


Não quero falar, qualquer palavra é tão pouco,
Nada falariam, nem dos sentimentos, nem dos momentos,
Ficariam mudas e a história se perderia no vazio,
Passariam entre o esquecimento e o tempo
Assim como o vento passa fácil pelas cercas dos quintais.
Sem nunca mais voltar. Palavras são assim como o vento,
Se são faladas sem que a alma as tenha dito. Nada valem
Não quero falar se sonho contigo, se tento te esquecer,
Não quero falar se és meu martírio, meu paraíso,
Não quero falar nada disso. É mais importante o acontecer
Lembrar, lembro sem precisar ouvir nem falar
Te buscar entre minhas mais fortes recordações,
É tão fácil, basta apenas caminhar nas ruas,
Ainda tenho o vicio de em cada olhar buscar o teu.


José João
02/11/2.012








Um comentário:

  1. muito lindo e verdadeiro amigo João Nada valem palavras não sentidas !!! Um grade Abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...