segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Hoje, minha tristeza foi mais triste.

Hoje, minhas lágrimas foram mais tristes, 
Como se apenas hoje chorassem todas as tristezas 
Já sentidas, chorassem a dor de todas as perdas,
Dos adeus, das saudades dos momentos vividos.
Hoje, minhas lágrimas, se fizeram em meu rosto,
Longos caminhos, deixaram marcas molhadas
Da angustia viva que sem cerimônia me fez da voz
Soluços perdidos que só falavam dessa dor de agora.
Hoje, não sei porque, a dor foi mais doída,
Meus sonhos se perderam em recordações distantes,
As ilusões me chegaram como histórias verdadeiras,
Como se a tristeza quisesse enganar minha alma,
Deixa-la perdida sem saber chorar a dor que sente.
Minhas lágrimas se fizeram mais que prantos,
Brincaram em meus olhos, cheias de vontade 
De se fazerem mais, me deixei ficar a mercê delas,
Deixei que gritassem como se rezassem, desesperadas,
Orações que, com palavras, não rezaria nunca.
Hoje, não sei porque, minha tristeza se fez mais triste.


José João
08/09/2.014





Um comentário:

  1. Essa tua poesia coube também com o meu hoje.....Também é linda como todas.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...