domingo, 17 de novembro de 2013

...até além do impossível

Minha vida, começou quando te conheci,
Acreditei na eternidade dos momentos,
Na doçura do sussurrar de nossos corações
Que se fazia como musica, como vida, como nós.
Me fiz, dentro dos sonhos mais belos, eu mesmo,
Não precisava fingir, tu eras tudo que pedi.
Te amei tanto que te sentia dentro de mim
Via o céu no teu olhar quando me dizias:
Te amo. Assim era minha vida, meu mundo.
Brincava de viver por tudo ser tão belo!
Quando te conheci, me desnudei de mim,
Me vesti de ti, me banhei com o sabor
De teu corpo, me fiz completo, repleto de ti,
Nada mais cabia em mim a não ser você.
Te amei, não como esse amor que se grita,
E vai  o grito ao vento fazendo eco sem voz,
Mas com aquele grito que de dentro da alma
Se faz oração e vai além, muito além do tempo,
Se fazendo infinito e eterno, maior que a vida.
Te amei assim... muito além de mim.
Agora minha solidão é o preço por ter amado
...até além do impossível


José João
17/11/2.013







Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...