terça-feira, 16 de julho de 2013

Vou te guardar para sempre

Não vou te esconder dos meus pensamentos,
Nem permitir que o esquecimento te tome de mim,
Vou te guardar como minha alma te faz ser: Única.
Vou te deixar desperta e contigo os momentos que vivemos,
Quero que a distância, por maior que agora  seja,
Que o tempo, por mais que tenha passado,
Se façam, em mim, recordações recentes, como de ontem.
Não sei onde estás, mas sei quais eram os teus sonhos,
Vou faze-los vivos, vou sonha-los todos, outra vez,
Deixa-los dentro de mim como se estivesses aqui
E dentro de cada um deles te deixar plena e viva.
Sei que não adianta te procurar mas imagino onde estejas
Foste por estradas sem chão, espaço sem rastros,
Embora seja tão grande a saudade, tão infinitamente
Maior que tudo, ainda assim, não me leva onde estás,
Só me leva até nossos ontens, repletos de nós.
Vou te deixar dentro de mim nas imagens que ficaram,
Nos beijos que deixamos pra depois e nunca trocamos,
Na ternura do teu olhar, em silêncio me dizendo: Te amo
Vou te deixar guardada no espaço mais confortável 
De minha alma. Vou deixar que a saudade de ti
Me tome todo, me preencha como se fosse tua presença,
E  te acomodar dentro de mim...para sempre.


José João
16/07/2.012






3 comentários:

  1. Que bom que podemos guardar num cantinho muito especial sentimentos vividos com pessoas que um dia conhecemos e que marcaram, carinhosamente nossas vidas... Lindo demais poeta. Bjus

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente lindo o poema!
    Simplesmente intenso e tocante sentimentos...
    Faltam-me palavras para expressar o quanto gostei.

    Desejo-te uma... Boa noite amigo João!
    Beijos!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...