terça-feira, 3 de junho de 2014

Porque o agora pra mim é... sempre!!

Me perdi, já não sei o que é o agora, pensei um dia
Que fosse apenas um momento, mas pra mim...
O agora se fez desde muito, o eterno, o sempre,
O que pensei tivesse ficado para traz, perdido no tempo,
Esquecido dentro de sonhos mortos. Nunca pensei
Que o agora, fosse tudo que não se vai, que fica
Dentro da gente marcando nossos dias, nossas horas,
Fazendo que lágrimas novas chorem dores antigas,
Que se fazem de agora. E os amanhãs também se farão
Agora, porque essa dor angustiante de uma saudade
Que não sei de onde vem, vai ficar comigo e...vai indo
Hospede dos amanhãs que me virão e se farão um agora.
Estou preso no tempo e por mais que passe, que vá...
Só me restou o agora, porque a dor será a mesma
O adeus será o mesmo, a saudade será a mesma,
Porque será sempre o mesmo nome, o mesmo perfume,
O mesmo olhar, as mesmas palavras. Nada novo.
Tudo, naquele dia do adeus, ficou parado no tempo
Como se fosse agora, só não as lágrimas,
São outros os prantos que choro...agora.


José João
03/06/2.014



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...