sábado, 4 de junho de 2016

Um livro de saudades.

Nos olhos...uma tristeza com a cor da saudade,
Na boca, um gosto amargo de angustia, e a vida...
Indo, caminhando sem rumo, sem direção
Nem sentido. Apenas indo e impondo ao peito
Um sufocar de gemidos que não se fazem palavras
Porque a voz se perdeu no infinto desespero
De estar só, dentro do vazio de uma ausência,
Que existe desde quando um adeus foi dito.
O silêncio de um olhar se fez até sempre,
As lágrimas, caindo dos olho tristes, molhando
O rosto, arrastavam-se lentas na esperança
Que o tempo fizesse o adeus não ser dito.
Depois, um sepulcral silêncio dentro do tempo,
Caídos de joelhos, alma e coração choravam...
E o momento triste foi se eternizando, se fazendo
Vida, se fazendo história, e hoje ela se escreve,
Por si só, nas páginas amarrotadas e sem 
Cor de um livro de folhas velhas...esquecidas
Com apenas o título...saudade.


José João
04/06/2.016




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...