quinta-feira, 19 de abril de 2018

Amar... amar eternamente

Quero viver o encantamento de amar sempre,
Sem medo de lágrimas, de dores, de angustias...
Quero apenas amar como sei amar, todo e pleno,
Amo tanto que amo até a saudade do que vivi,
Amo a saudade dos beijos que  dei um dia...
Dos beijos que ainda não dei, quero apenas amar.
Chorar, se for preciso, para contar algum adeus
Que foi dito, por lembrar um olhar que foi trocado.
Quero apenas amar. Que minha alma chore
Em prantos com gosto de saudade, com gosto
De sonhos, mesmo não vividos... mas que tenham
Sido feitos por tanto amar. Amar é ser eterno
Por alguns momentos, é fazer de sempre
Um simples eu te amo. Amar... que venham
As lágrimas, os prantos, não importa...
Ser feliz é tão difícil que se hei de chorar
A vida toda por alguns momentos felizes...
Que seja... depois dos prantos amo outra vez.

José João
19/04/2.018


Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...