quarta-feira, 29 de junho de 2011

Sofrer é... brincar de...



Viver, brincando de viver, é o melhor para viver
Sempre brinquei, brinquei até mesmo de sofrer,
Brinquei de amar, brinquei de querer,
Brinquei de mal-me-quer com flores que nem conheci.
Brinquei de contar estrelas, de sonhar amores
Sempre fiz da vida um parque de sorrisos
Por que sei brincar de fingir se for preciso chorar,
Minhas lágrimas saem  reluzentes, brilhantes,
Risonhas, enfeitando meu rosto com caminhos perfeitos
Dos olhos à alma, da alma ao tempo, do tempo ao ser.
Até hoje brinco de saudade com lembranças distantes,
Brinco com recordações perdidas para reabrir chagas
Que, há muito, pensei cicatriazadas, mas o tempo
Também brinca com a gente, nos engana sempre
Passa, nos faz pensar que tudo ficou lá distante,
Mas de repente dores de há muito sentidas,
Se fazem de hoje, de amanhã, se fazem de sempre.
Por que o tempo também brinca com a gente?
Ainda mais se o sentimento sentido foi daqueles
Que fazem cada momento inifinitamente eterno.
Mas aprendi  brincar de viver, me divirto vivendo,
Ando sem saber para onde vou, ou se vou chegar,
Paro sem saber o que esperar, sento se for preciso ir,
Também sei brincar de viver como o tempo brinca de passar,
Canto quando o silêncio precisa ser ouvido,
Calo quando a alma grita seus temores por ser tão só.
Gosto de brincar de viver por que amanhã é outro dia
Brinco de sofrer sem receios e sem temores,
Por que sei que sofrer é apenas brincar...
...  de esconde-esconde com a felicidade.

José João






3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. A felicidade é que ri de nós, pq ela está muitas vezes na nossa frente e nós não a enxergamos. É linda!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...