segunda-feira, 7 de maio de 2018

Essa saudade que sinto!

Ontem estive sonhando com nós dois,
Com tudo que fomos, os momentos que vivemos,
Até os detalhes se fizeram história,  se fizeram vivos,
Se fizeram lágrimas que até agora choro triste.
Me perdi nos sonhos, me perdi no tempo,
Me perdi de ti. As lembranças, em fragmentos,
Me vêm de longe, de horizontes que vimos juntos,
De beijos que não tivemos tempo de trocar,
De palavras que não dissemos, de caricias
Que não fizemos... é o que mais dói em mim,
Lembar o que não fizemos, porque tudo que fizemos
Ficou como saudade, as vezes triste de sentir,
Outras vezes ela me vem em sutis sorrisos,
Ainda assim alegram a alma que não cansa
De chamar teu nome como se fosse oração
Que se reza no silêncio de um sentimento
Que se fez eterno, que faz da saudade...
Mesmo essa saudade que as vezes dói tanto, 
Um terno motivo de viver.

José João
07/05/2.018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...