sábado, 31 de março de 2018

Ah! Esses meus sonhos

Ah! Meus sonhos! Se perdem por aí, alguns
Ainda dentro de mim, outros perdidos no tempo,
Crescidos em sentimentos, em vontades, esses sonhos!!
Me dou todo, me dou inteiro a sonha-los, me entrego...
Mas se vão como fossem nuvens perdidas, indo...
Desfalecendo sem deixar histórias, deixando apenas
Tristezas, lembranças doídas e a mudez nos lábios,
Que, baixinho, murmuram rezas e nomes num silencioso
Clamor que ninguém escuta. Lágrimas se fazem orações,
Caem pelo rosto escrevendo hostórias que se vão
Ao tempo, contando agora apenas angustias e saudade,
Uma saudade que, tão doída, sufoca até a alma...
Que em mortal desespero grita, alucinada, louca,
Um nome que aprendeu sorrindo e, agora, chorando
Em silenciosa voz reticente, molha em prantos
Cada letra, como se cada uma delas fosse uma dor
Que nao quer passar,  que vai se fazer de sempre...
Ah! Esses meus sonhos!!

José João
30/03/2.018



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...