quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Alguém quer dividir comigo?

Ontem brinquei de brincar com o mundo,
Fiz caminhos que não queria percorrer...
Deixei para os tantos amanhãs coisas minhas,
Coisas que poderiam ter sido feitas...
Deixei beijos para depois, sorrisos, abraços,
Até alguns eu te amo, deixei para depois,
Me fazia dono do tempo... não contava dias,
Nem horas, tudo podia esperar, hoje, vejo triste,
Como me enganei! O tempo passava, ia embora
Sem que eu percebesse e deixava que ele fosse
Como se pudesse um dia pará-lo por acha-lo meu.
Quantas coisas deixei de dar, de receber, de trocar...
E hoje me vejo assim, caminhando sozinho
Por estradas que não sei, pedindo sorrisos,
Um olhar, restos de beijos, pedaços de abraços
Que talvez tenham ficado por aí. E entre prantos,
Cabisbaixo, voz reticente, pergunto murmurando
Num quase silêncio: Alguém quer dividir 
Minha vida comigo?

José João
08/02/2,016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...