segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Brincando de solidão.

Não que não queira ouvir o que me dizem
Mas sempre repetem: Porque és tão sozinho?!
Mas como sozinho? Me pergunto em silêncio.
Pra que serve a solidão? Não é para dar carinho?

A mim ela me ouve como se fosse toda minha
Se entrega por horas sem lugar, sem escolher
Não sei de nós dois, um ao outro quem busca
Só sei que, paciente, me escuta até o alvorecer

Me faz que eu seja história, até me faz sonhar
Me deixa livre no tempo para eu ir me buscar
E se venho com lágrimas, ela me ajuda chorar

Não sei porque dizem que sou tão sozinho!!
Até firmam, que esse vazio me toma de mim
Mas a solidão, pra mim, brinca de ser carinho 


José João
11/09/2.017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...