terça-feira, 29 de agosto de 2017

Só um coisa me importa

Que se faça a tristeza perene grito da alma,
A mim rsrsts não importa e nem reclamo
Que não me seja na vida permitido sorrir
rsrsr a mim não importa assim mesmo vivi

Que a solidão me cerque entre os vazios
E do tudo que senti faça uma história morta,
Pode a angustia se parir em mórbidos cios
Zombo do tempo e lhe pergunto: que importa?

Se lágrimas tristes brincarem em meu rosto
Algumas até gritando o desespero da alma
Haverá que quem diga com tudo isso posto

Que sou louco, até dizem, coitado de mim
Mas na verdade só uma coisa me importa
Essa saudade tua que me faz vivo e conforta

José João
29/08/2.018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...