segunda-feira, 19 de junho de 2017

Se a solidão tivesse cor...

De que cor seria a solidão, se cor ela tivesse?
Seria cor de tristeza? Ou cor do vazio?
Seria da cor das lágrimas que se chora sozinho?
Que cor teria a solidão, se cor ela tivesse?
Não teria a cor da saudade, nem de lembranças,
Não teria a cor dos sorrisos, mesmo fingidos,
Talvez tivesse a cor do tempo, desse tempo
Que não passa, quando a dor é mais doída
Pintada com a cor da solidão por serem parecidas.
Que pintor pintaria a solidão? E com que tinta?
Talvez fosse cor da ausência que dói dentro da gente,
Ou seria da cor dos prantos que a alma chora,
Quando sozinha, em mórbido silêncio, se entrega
Submissa à própria solidão? A cor da solidão...
Será que parece com a cor daquela lágrima
Que sofre nos olhos sentindo a dor demente
Que faz viver ser tão difícil, tão sem viver?
Quem dera a saudade soubesse a cor da solidão!
Mas penso que solidão que se preza não tem cor...
Se tivesse não seria solidão, e ela é apenas
Aquilo que não se sabe dizer, só se sabe sentir.

José João
19/06/2.017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...