sábado, 1 de abril de 2017

Tristeza...é nunca ter amado

Estranhas as palavras que ouço no silêncio
Na verdade nem mesmo sei se são palavras
Mas me perco em ouvi-las e ... nada digo
Me falta voz, o que queria dizer foi contigo

Quantas vezes gritei com a própria alma,
Te amo. Com os olhos! Quantas vezes gritei?
Mas não sentiste ... nem mesmo me ouviste
E pra dentro de mim, quantas lágrimas chorei!

E hoje, já passado tanto tempo, lembro ainda
Dos momentos que em silêncio me ouvias
Quando minha alma chorava, o que sentias?

Não te esqueci, se o dissesse eu mentiria
Mas dor maior que a minha sei que sentes
Nunca amou, se o dizes, coitada, tu mentes.

José João
01/04/2.017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...