quinta-feira, 9 de março de 2017

Ausência?! Para quem ama?!

Essa saudade que me deixa repleto de ti
Nunca me deixa sozinho, até de dentro da solidão,
Que por vezes insiste em ficar, tu me tomas, 
Me veste de ti, afasta de mim essa demente carência 
E...sou teu outra vez, todo e pleno. Somos para sempre.
Fizemos de nós dois uma única história, e nela
Vivo a plenitude que tua presença me faz viver.
Nem o adeus que não nos permitiram dizer
Foi forte para que pudesse nos deixar separados, 
Ainda em mim somos nós dois... só nós dois.
O tempo se fez passivo a este sentir que sinto
Por nós, a essa entrega que vai muito além.
Nossas almas brincam com a distância,
Não se separam, por mais longe que pareçam estar
Se juntam num valsar alegre ... se acariciam
E riem quando não entendem que a presença
De quem faz viver vai além de qualquer ausência,
Pra isso serve a saudade.


José João
09/03/2.017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...