sexta-feira, 19 de agosto de 2016

É melhor o vazio dos loucos

Não sei, até hoje, o que teria sido melhor pra mim,
Ter te conhecido, ou nunca ter te visto, não sei.
Se nunca tivesse te conhecido, a monotonia da vida
Continuaria a mesma, os vazios, as tentações
Mórbidas se fariam tantas e tão fortes que um dia
Já não seria ninguém. Não teria sonhado,
Não teria caminhado por estradas desconhecidas
Como se fossem minhas, mas estaria dentro
De minha loucura, na comodidade de nada ser,
De nada saber, nem de chorar, nem de querer,
No vazio dos loucos não existe dor nem sofrer.
Qual o melhor pra mim? Não sei. Te conheci.
Comecei a ver outros horizontes, a sonhar,
A olhar os amanhãs muito além do que eu era.
Aprendi que não existe vazios numa entrega
Plena, intensa quando duas almas se permitem
Fazer-se uma, quando se aprende que amar
É nunca se está só, é a magia de saber que
A eternidade não está no tempo, mas dentro de nós.
Aprendi a sentir tua saudade a cada instante
Que não estavas. Aprendi a amar...mas também...
Aprendi chorar essa dor, essa saudade,
A viver esse vazio que um adeus faz sentir.
No vazio dos loucos não existe essa dor...
Acho que vou voltar.

José João
19/08/2.016


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...