terça-feira, 21 de junho de 2016

Hoje a saudade foi maior

Não sei porque, mas hoje...mais que sempre,
Senti tua saudade, tão doída e tão terna,
Que me perdi, os sorrisos brincavam de sorrir,
Mesmo tristes como se a tristeza os quisesse apagar,
E os olhos, entre lágrimas e risos te buscavam
No tempo, iam longe, pelos caminhos perdidos,
Por onde só caminhavam os pensamentos.
Mas só havia um lugar onde puderias estar,
E estás... dentro de mim. Jamais te deixei ir,
Nunca me permiti ficar só, sem te ter por perto,
Nos sonhos, nas lembranças vivas de momentos
Que se fizeram eternos, guardados na alma,
Mesmo dentro do silêncio, quando a solidão
Insiste em chegar, mesmo quando os vazios
Fazem lacunas nos dias mais tristes, ainda assim,
Nunca deixei que te tomassem de mim...
Nunca permiti que o tempo usasse do esquecer
Para te levar a lugar nenhum, como se tudo,
Como se você, não fosse a vida que preciso viver


José João
21/06/2.016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...