sexta-feira, 8 de abril de 2016

São meus sonhos que...

A debater-se dentro de mim estão os sonhos 
Que habitas, Todos, em frenéticos tremores, 
Pelo temor de que possa esquece-los. Debatem-se 
Em espasmos que me fazem crer que se julgam 
Moribundos, sem que saibam, que são eles
Que me alçam o pensamento em vôos distantes,
Além, de muito além de qualquer caminho
Que se possa imaginar. Debatem-se em agonia,
Precipitam-se em meu rosto como prantos,
Desenham-se em minha alma como rabiscos
De imortais poesias, que dentro de mim,
Se fizeram orações, onde cada lágrima
É uma Ave-Maria, rezado com o fervor
De quem sente, na agustia de um adeus,
Uma tristeza viva que não passa nunca.
São meus sonhos que me fazem sentir a vida
Pulsar dentro de minha alma...repleta de ti,
São eles que te buscam e te trazem do tempo
Pra te acomodar, como saudade, dentro de mim

José João
08/04/2.016



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...