sexta-feira, 1 de abril de 2016

Eu sou minha saudade

Não sei se sou as lágrimas que a tristeza chora.
Nem sei se sou  essa tristeza que a saudade
Cria.Talvez eu seja mesmo é essa saudade viva
Que um adeus fez nascer e que uma ausência
Faz questão de faze-la toda e plena.
Mas será só saudade? Estou achando tão pouco!
Porque então essa dor tão grande!? Essa angustia!
Isso me faz crer que não sinto saudade...
Eu sou a saudade, e minha alma carente,
Nela se aninha, como se fosse de mim
- a saudade - que precisasse de carícias,
E a saudade faz, porque vou buscar
Os sonhos que sonhei, a verdade que vivi,
Os momentos ainda com sutis perfumes
Do cheiro dela, e no silêncio, a doce voz
Se faz ouvir ternamente, como sussurro
Murmurado pela brisa. e a alma jura
Que é ela, e sorri, e devaneia, e até pulsa
Dentro de mim. Eu a saudade. Assim
Me fiz prova de que vale a pena amar.
Embora sem saber se eu sou eu
Ou se sou a saudade...

José João
01/04/2.016





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...