sábado, 2 de abril de 2016

Essa louca falta de ti

A falta de ti me deixa na alma o gosto da solidão,
Um gosto triste, um gosto de adeus,
E tudo se faz tanto amargor que a própria vida,
Respira em mim, uma saudade de lancinante dor,
Mesmo tu estando sempre e toda dentro de mim.
Tua ausência é maior que o vazio que ficou,
E assim o tempo me toma em devaneios descabidos,
Em esperanças mortas, e sonhos moribundos,
Ah! A distância! Para os amantes, dizem:
Não existe. Mas de qual distância falam?
Não são os caminhos que a fazem, 
É o silêncio, é o estar muito, muito além
De qualquer além que se pense, é um além 
Onde vão apenas saudades e orações, angustias
E lágrimas. A dor dessa saudade deixada
Por um adeus, que nem foi dito...aconteceu,
Faz da existência um cruel deserto...seco
De sonhos, molhado de lágrimas...
E morto de fé.

José João
02/04/2.016





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...