segunda-feira, 4 de abril de 2016

Desculpa..mas vou chorar

Havia uma luz mágica em seus olhos,
Uma canção divina em seus lábios...
Um perfume primaveril em suas palavras
Havia um semblante de anjo em seu rosto
Quando me dizia sorrindo, baixinho:
Eu te amo. São lembranças que me trazem
Lágrimas, que me doem na alma...
Que deixa o peito arfando no desejo de gritar
Mas só saem soluços doloridos, amargos...
Hoje sei apenas blasfemar em gritos roucos
Com orações vazias perguntando por que?
Havia ternura em nossos momentos...
Até o amor se fazia pacientemente passivo, 
Brincava de encher nossos corações
De perene alegria, as lágrimas de felicidade
Saiam efusivas de nossos olhos, brincavam
Em nossos rostos, se misturavam em deliciosas
Carícias e tudo se fazia vida, se fazia nós...
Hoje há essa saudade, essa louca e angustiante
Saudade que...que...desculpa mas vou chorar.

José João
04/04/2.016



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...