sexta-feira, 8 de abril de 2016

Agora sei porque sou triste

Torno-me teu servo alma minha
Que se faz por tanto amar, cativa
De um amor que no tempo caminha
E nos faz que, em nós, a vida viva

Torno-me a ti passivo, sem  exigir
Que seja minha a vontade de amar
Que em mim seja meu o teu sentir
E se quiseres posso até por te chorar

Diz-me, alma minha, porque te atentas
A amar uma saudade que nem sei
Porque apenas amar não te contenta?

- Um dia se foi de mim a melhor parte
  Que partiu entre saudades doloridas
  Escolhi em ti viver as nossas vidas.


José João
08/04/2.016
  







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...