sábado, 23 de abril de 2016

A falta de um pedaço de mim.

Por vezes me sinto perdido de mim mesmo,
Sem saber quem sou. As vezes me encontro
Dentro de histórias que não vivi, sonhando
Sonhos que não sei se são meus, chorando
Por saudades de adeus que nunca disse,
Caminhando por estradas perdidas, vazias,
Em horizontes desconhecidos. Uma tristeza,
Uma saudade descabida, uma vontade de chorar,
Como se faltasse um pedaço de mim...que
Não sei onde perdi, quem foi ou se existiu.
Me sento na beira do tempo com uma solidão
Silenciosa, muda, doída. Meu olhar se perde
Na distância infinita de um pensamento,
Que em desesperada busca, vai entre os nada
Tentando encontrar o que me deixa assim,
Tão longe de mim. Digo nomes que nunca ouvi
E muito além dos sonhos, numa rude demência,
Corro com a alma aflita e lhe peço... busque
O que tanto me aflige, o que perdi, o que não sei
Só sei que sinto essa angustia da falta
De um pedaço de mim...que não sei onde está.

José João
22/04/2.016


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...