terça-feira, 1 de março de 2016

Minha divina loucura

Não sei por que me chegas tão forte assim!!
Não sei quem és, nem onde estás, mas me tomas
Todos os pensamentos, invades minha alma,
E comodamente ela te acolhe sem reservas,
Te entrega meus segredos em serenas confissões.
Me fazes sentir uma falta estranha como se sempre
Estivesses aqui, tão perto que se põe dentro de mim,
E toda essa saudade que nem sei se é mesmo saudade,
Me invade, se apossa do meu sentir que até ouço tua voz,
E a minha, como se fosse minha loucura, sussurra
Pra dentro da alma um nome que nem sei se é teu.
Estranho esse teu me tomar, esse teu me invadir,
Me levar, em ternos devaneios, a passear contigo,
Entre flores primaveris, entre sorrisos tão inocentes,
Como se a inocência da própria loucura me fizesse
Ser teu numa entrega plena na infinitude do tempo.
Não sei se são sonhos ou saudades perdidas
Que tomam  tua forma, te fazem minha razão,
Te dão vida nessa minha carência tão vazia

José João
29/02/2.016




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...