sábado, 26 de março de 2016

Bastava apenas um...eu te amo

Se um dia tivesses me dito, te amo,
Eu jamais iria além que ser totalmente teu,
Faria ajoelhar-se a teus pés minha própria alma
A fazer-se submissa à tua vontade,
Entregar-se toda e sem reservas e, de ti,
Fazer-te única e toda razão de viver.
Se tivesses me dado um olhar, apenas um,
Cheio de ternura, no sublime silêncio
Que só as almas dos amantes podem entender,
Que só elas sabem ler, sentir e se fazer vida,
Eu me faria um pedaço de ti. Te faria
Meus motivos de sorrir, de estar e ser.
Te faria minha mais fervorosa oração...
Rezaria teu nome, vestiria  teu perfume,
Me esqueceria dos meus sorrisos, todos
Para sorrir com os teus, faria dos teus,
Os meus sonhos e os levaria comigo
Dentro da alma, cheios de ti, para sempre.
Ah! Se um dia me tivesses dito, te amo
Não estaria te amando como te amo agora
Abraçado com a solidão chamando teu nome.

José João
26/03/2.016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...