quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Agora sei para que servem as lágrimas

Talvez eu tenha sonhado demais, amado demais,
Muitas vezes, acho, entreguei-me todo e pleno,
Sem reservas, sem medo e sem ouvir a alma,
Que em sussurros, já em aflição, me dizia: 
Cuidado, você se entrega tanto mas sou eu
Quem vai chorar depois. Mas quem se importava
Com lágrimas? Nem sabia se elas existiam.
E lá ia eu navegando na liberdade dos sonhos...
E ouvindo apenas a falsa doce voz do prazer...
De ser, de me entregar... e me entreguei tanto...
Amei tanto, fazia de cada adeus uma história antiga
E pensei em viver a vida sempre amando.
Ah! Mas que ledo engano! Nessa loucura
De amar tanto e intensamente, fui deixando
Os vazios para depois, até, de repente, me ver
Tomado de mim, cheio de histórias perdidas
De saudades infindas e sem sonhos para sonhar...
Já havia sonhado todos eles... assim aprendi...
Para que servem as lágrimas


José João
14/01/2.016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...