terça-feira, 24 de novembro de 2015

Te amando no meu chorar

Dói-me a dor de agora ver-te só em sonhos
Se era  tua alma, da minha, o doce abrigo
Com ela sonhava amanhãs sempre risonhos
Agora só os sonhos que um dia sonhei contigo

Tua ausência, faz-me triste a estrada, o seguir
Em passos bêbados, vou tropeçando na saudade
Vou indo sem rumo, num ir sem querer ir
Buscando nos vazios um pedacinho de verdade

Essa verdade que agora é dor, triste tormento
Carência infinda escrita em poesias e lamentos
Em que a rima se faz entre loucura e sofrimento

Que fazer se meus passos não me levarão a ti?
Se hei de atirar-me onde nem sei se vou chegar
Fico sentado no tempo te amando no meu chorar


José João
24/11/2.015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...