segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Vivo tua saudade

Eis-me aqui, prostrado aos pés do teu silêncio
A fazer-me mudo gritando com a pobre alma
Essa tanta dor que não vês, por ser tão minha
E que dentro de mim cruelmente ela caminha.

Com os restos de teu olhar me banho todo
Com as migalhas de teu sorriso me consolo
Oh! Amor! Louco e febril a fazer-me demente
A esquecer-me sem orgulho se ainda sou gente

Atiro-me ao pensar, ao sonhar em vago tédio,
Mas te busco como fosses vida e não me nego
A ver-te como fosses da morte o meu remédio

Nessa loucura, em toda ela, existe uma verdade
Que não calo e grito no mais íntimo de mim
Que vivo ainda estou...  por viver tua saudade

José João
31/08/2.015








2 comentários:

  1. Por vezes o amor é um pouco louco!

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Saudade as vezes nos ajuda a viver. Saudades dos sonhos que floriram, dos que talvez florirão. (Ju)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...