segunda-feira, 27 de julho de 2015

Amor e poesia.

Amar...já amei tanto, até sei quando o amor acontece.
O amor acontece quando duas almas são a mesma poesia,
Quando escrevem seus sonhos num mesmo verso...
Quando nas entrelinhas da poesia vivida, os olhos...
Dizem, em suave silêncio, o que as palavras 
São poucas para dizer, ou falar não faz nenhum sentido.
Amar é quando o coração escreve cartas silenciosas,
Quando os olhos sorriem em alegres lágrimas,
Quando as lembranças de qualquer momento vivido
Povoam o pensamento. É sentir as mão tremerem,
O pulsar mais forte, a ansiedade se fazer sede
Quando a hora do encontro se aproxima sem o tempo
Querer passar. Amar é sentir a vontade de estar perto,
É sentir as quatro, saudade do que aconteceu as três.
Ah! Quanto amei!! Até inventei sorrisos de felicidade,
Os meus, para os tantos momentos, se fizeram poucos.
Amar é nunca estar só, é sempre estar perto...
Ou em sonhos, ou em pensamentos, mas nunca só,
É afugentar a solidão com um único pensamento...
Espantar a tristeza com um único sorriso...
Amar ...é cultivar carinhosamente um saudade,
Para amanhã ter do que lembrar, e mesmo triste...
Sorrir.


José João
27/07/2.015





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...