terça-feira, 25 de novembro de 2014

Qual dor deveria chorar?

Meus sonhos dementes, sem cor e carentes
Perdidos de mim, como histórias não lidas
Vão ao léu, levando os prantos que chorei
Deixando saudades dos beijos que não dei

Levam versos escritos com gosto de mim
Nas saudades sentidas ainda hoje vividas
Como se as dores não precisassem ter fim
Como se fosse na alma todas essas feridas

Sonhos, versos, saudades se fazem um só
Molhados em prantos que a alma chorou
Com restos de lágrimas da dor que ficou

De um outro adeus que  nem pude chorar
Não por falta de lágrimas, a alma confusa
É que não sabia qual dor deveria...guardar


José João
25/11/2.014






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...